10 Ideias para viver melhor esta Quarentena

Photo by Taylor Simpson on Unsplash

Perante o momento que vivemos senti a necessidade de olhar para um artigo já escrito e publicado há bastante tempo sobre relaxamento e reinventá-lo a propósito do que se passa. Transmito algumas estratégias que me têm ajudado e espero acrescentar algo de útil.

Ouvir Música

A música exerce uma grande influência sobre todo o sistema nervoso autónomo, o qual controla as acções involuntárias. Deste modo a música influencia os batimentos cardíacos, tensão arterial e o sistema límbico, responsável pela regulação das emoções.  Assim podemos e devemos usar este recurso para melhorar a disposição ao longo do dia. Experimenta criar uma lista de reprodução com músicas que transmitam calma, como sons da natureza ou melodias alegres e dinâmicas que ajudem a aumentar a boa disposição e a aproveitar o tempo de forma produtiva e satisfatória.

Visualização criativa com ou sem música

Este é um dos meus métodos favoritos para relaxar ou simplesmente tentar abstrair-me, estimulando a imaginação e deixando-me guiar pelo o que surge. Normalmente acompanho sempre com música. Experimentem ficar num lugar e posição confortáveis, sem interrupções e, fechando os olhos, imaginem um lugar ou contexto que vos transmita sensações de realização e bem-estar. A visualização promove um relaxamento mental que também se reflecte no corpo físico. Deixa-te levar para um cenário de sonho, viaja sem sair do lugar e desfruta dessa sensação de bem-estar e descontracção. Se preferires usa uma visualização guiada que te pareça agradável.

Respiração consciente 

A respiração é um gesto simples eficaz que permite influir no estado físico e emocional quando o fazemos de forma consciente. Quando centramos a nossa atenção na acção e sensação de inspirar e expirar, conseguimos alcançar um estado de maior relaxamento, mais criatividade e capacidade de tomar decisões com eficácia, para além de outros benefícios. Em qualquer lugar e em segundos, a respiração consciente assume-se como uma importante ferramenta. Experimenta o seguinte exercício: inspira contando mentalmente até quatro, de seguida expira contando novamente até quatro. Faz a inspiração e expiração pelo nariz. Mais oxigénio para os pulmões promove uma distribuição mais rica de nutrientes pelo corpo! Este simples processo ajuda a reduzir o stresse e a melhorar a atenção.

Ler e “consumir” conteúdos diferentes

O que quero dizer é que nesta fase pode ajudar fazer leituras diversas ou até pouco habituais, mas que ajudam a desviar um pouco o foco da questão que vivemos agora. Uma das revistas online portuguesas que recomendo sempre é a Saber Viver, na qual encontram grande variedade de temas que ajudam a distrair e também a aprender sobre temas actuais. Naturalmente que optar pelos livros que ainda vos esperam nas estantes é também uma excelente ideia. Se precisares de ideias para novos livros acede a Livros.

Mindfulness e Meditação formal

A prática de atenção plena durante a execução de tarefas várias, como ao arrumar, lavar os dentes, fazer um simples movimento ou caminhar (neste caso pela casa) ajuda-nos a evitar a preocupação sobre o futuro e a lidar de forma mais funcional com a situação actual. No caso da meditação, também este recurso permite-nos voltar a encontrar um ponto de atenção e equilíbrio entre tudo o que se possa mover na nossa mente e emoção neste momento. Ao podermos darmo-nos conta e notarmos os nossos pensamentos como barcos que passam à nossa frente, reconhecemos com mais facilidade não só a sua transitoriedade como possíveis soluções.

Escrever e reescrever

Num momento de pausa imposta penso que uma das iniciativas mais benéficas  é aproveitar para reflectir sobre experiências passadas, revendo objectivos e prioridades. Talvez se dêem conta de que algo que antes queriam até tenha deixado de fazer sentido, ou que neste momento precisam de inovar e recriar o que já haviam feito. Escrever os vossos focos numa folha e deixar bem assinalado à vista ajuda a manter o olhar no que mais importa para vocês.

Exercício Físico

A produção de endorfinas associadas ao bem-estar é sempre uma aliada neste momento, sendo que devem optar por uma actividade que realmente gostem, recorrendo às variadas opções que encontram online e que permitem desenvolver um bom treino em casa.

Rescue Remedy e Óleos Essenciais

Caso tenham momentos de maior ansiedade, sensação de medo e pânico e/ou perda de autocontrolo, o Rescue Remedy, o qual combina 5 florais de Bach, poderá ajudar. Encontra a informação necessária em Florais de Bach: o que são e como tomar

O olfacto é um poderoso sentido e actualmente o efeito e benefícios dos óleos essenciais é já bastante conhecido. De uma forma genérica o óleo de Lavanda é uma das opções mais simples, mas eficazes no que diz respeito a promover um estado de maior relaxamento e alívio da tensão. Pessoalmente tenho usado em spray, aplicando na roupa de cama antes de me deitar e na água do banho. Usar o óleo, preferencialmente da marca doTERRA no difusor ou via oral, colocando uma a duas gotas num copo de água ou ainda topicamente são também outras hipóteses. Se notam maior apatia e pouca vitalidade os óleos cítricos poderão ser boas opções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *