Sessão de Reiki Animal: o que precisas de saber

o que saber sobre sessão reiki para animais

Photo by Jamie Street on Unsplash

A difusão do Reiki para animais é observável em contextos como clínicas veterinárias e associações de acolhimento. A consciencialização dos benefícios alcançados com o Reiki (12 Benefícios do Reiki para Animais) permite proporcionar maior qualidade de vida aos companheiros patudos que mais necessitam de cuidados.

Uma sessão de Reiki com animais não decorre de forma linear nem previsível. Uma das prioridades que tenho sempre em mente é o bem-estar e conforto do animal. Por exemplo, se estiver perante um animal fragilizado, ansioso ou que se encontra numa fase de adaptação que provoca stresse, opto por não colocar as mãos diretamente e mantenho-me a uma distância que seja mais confortável para o animal. Por vezes, existe a tendência para pensar que é necessário ter contacto físico, mas tal não é necessário. Dou liberdade ao animal para se aproximar quando considerar oportuno e adequado para si. Respeito o  seu tempo e espaço, deixando-o gerir a sessão, pois o interesse máximo é o seu bem-estar. Importa alcançar um equilíbrio entre as necessidades do animal e terapeuta de forma a que a sessão decorra da forma mais serena e satisfatória possível.

O animal determina o tempo da sessão

A duração da sessão é muito variável. Usualmente o patudo dá sinais quando considera que já recebeu Reiki suficiente, como afastamento ou envolvimento em outra actividade. A condição de saúde também pode influenciar o tempo a dedicar. No decorrer da aplicação o fluxo energético pode ser sentido de diferentes formas. Normalmente a fase inicial é para mim a mais intensa.

Alguns sinais indicam a receptividade à energia Reiki

Os sinais que observo com mais frequência são a sonolência, um profundo relaxamento, alívio da tensão, aproximação e olhar sereno. Contudo, outros sinais podem surgir como o espreguiçar, suspiros, nariz a pingar e movimentos intestinais.  Todos estes indícios revelam que a energia está a fluir e o animal se encontra receptivo à energia.

O animal indica como quer receber 

Durante a sessão o recetor demonstra como quer receber Reiki. O animal tanto pode estar deitado como a caminhar, sentado ou em outra posição que lhe for mais confortável. Na primeira sessão pode estranhar a sensação de receber Reiki através da imposição de mãos e preferir manter-se à distância. Como já mencionei, a vulnerabilidade e stresse podem também levar a que o animal prefira receber com algum distanciamento e está tudo bem. Uma opção será fazer a primeira sessão à distância de modo a promover familiaridade com a energia Reiki antes do contacto presencial. Deste modo também se pode analisar como reage e se revela receptividade. Após a sintonização no nível 2 de Reiki, é possível fazer o  tratamento à distância.

O patudo demonstra onde precisa de receber Reiki

No contexto do Reiki para animais, o patudo pode dar orientações de onde mais necessita de receber energia. Vou dar um exemplo, durante as sessões que realizei com a minha cadela pouco tempo depois de canalizar para o chacra da raíz ela girou e ficou de barriga para cima. As minhas mãos ficaram na zona correspondente ao chacra umbilical. Se o fez é porque necessitava de receber energia nesta área. Importa respeitar, aplicar Reiki onde revelam necessitar mais.

Outros animais podem aproximar-se

Durante a sessão outros animais que se encontrem por perto podem também sentir a energia e aproximar-se de modo a beneficiar do Reiki aplicado. Este factor é muito interessante e cativante, porque permite ver como os animais expressam a vontade e necessidade de receber a energia Reiki. Acaba por se gerar uma sessão de Reiki animal em grupo! 🙂

O animal pode recusar receber Reiki

Em algumas situações excepcionais o animal pode revelar, através da sua linguagem corporal, que não está receptivo à energia Reiki. Num primeiro momento o receptor pode apenas demonstrar estranheza perante a energia ou até perante uma pessoa desconhecida como é o terapeuta. Contudo, se a manifestação de desinteresse e rejeição persistir há que considerar se vale a pena continuar.

Como podes verificar o Reiki para animais é um domínio promissor que muito pode contribuir para ajudar a cuidar tanto em contexto de intervenção como de prevenção. Fica também a conhecer o Código de Ética para Aplicação de Reiki em Animais desenvolvido pela Associação Portuguesa de Reiki.

Cada sessão é única e uma verdadeira oportunidade para contemplar como o Reiki pode aumentar a qualidade de vida e bem-estar dos nossos animais. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *