Regresso à rotina: 5 dicas anti-stress para animais

dicas anti-stress animais

Com o retorno gradual às rotinas de antes ou semelhantes partilho 5 dicas anti-stress para animais, de modo a que possam sentir maior conforto e capacidade de adaptação face a contextos desafiantes, como uma ida ao veterinário, viagens, tosquia entre outras.

Partilho alguma linhas gerais que poderão depois adaptar ao vosso caso:

  • Antes de ocorrer a situação: 30 min a 2h horas antes de sair ou de ocorrer o evento que desencadeia stress,  podem dar o floral Rescue em gotas (5/6 gotas e no caso de uma hora antes 20 em 20 minutos, por exemplo) o qual encontram em ervanárias e lojas Celeiro. Podem dar directamente na boca sem tocar com a pipeta, com colher e se eles gostarem ou com massagem circular entre as orelhas. Na água e comida húmida não se aplica neste contexto porque podem não beber ou comer no momento. Este floral inclui 5 florais de Bach que ajudam a reduzir o medo, aumentam o autocontrolo e dão mais conforto numa situação de stress.
  •  No caso dos gatos e outros animais que usem transportadoras, aplicar Rescue em spray na manta (2 a 3 borrif. é suficiente) que irá dentro da transportadora. Ao longo do caminho podem voltar a aplicar.
  • Se não vão em transportadora, durante a viagem/momento de stress, continuar a dar Rescue em gotas e/ou pulverizar o ar (ex: dentro do carro) com Lavanda. Apenas recomendo e posso orientar-vos em relação à marca dōTERRA.
  • Se quando chegarem a casa permanecer em estado de inquietação a minha orientação é que dêm Rescue durante esse dia aplicando na água ou dando directamente, se a Lavanda for bem aceite, podem aplicar de forma aromática em spray nos lugares onde mais gosta de estar.
  • Se tiverem possibilidade, partilhem/apliquem Reiki antes e após o momento de stress para atenuar o impacto e contribuir para que estejam mais tranquilos.

Quando possível irei transmitir outra forma simples que todos podemos aplicar com os animais em momentos de tensão e para atenuar o aumento de stress. Se tiverem dúvidas em relação a estas orientações entrem em contacto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *