Florais para Animais: 8 factores essenciais

Tal como no caso do Reiki, noto que é importante esclarecer e clarear algumas ideias sobre a terapia floral para animais. Os Florais são extractos líquidos diluídos de flores que contêm determinadas características vibracionais que auxiliam no equilíbrio do corpo emocional, físico, mental e espiritual do animal. Em alguns casos os efeitos surgem de forma muito rápida e não se sente a necessidade de recorrer a outras vertentes como treino ou modificação do ambiente.

  • Contudo, da mesma forma que acontece com o Ser Humano, a toma do Floral não exclui a possível necessidade de recorrer a outras estratégias, existem vários factores que influenciam os nossos animais e que precisam de ser atendidos. Não existe nenhuma terapia complementar que seja uma panaceia milagrosa e instantânea. Precisamos de estar atentos à forma como desenvolvemos a nossa rotina e como estamos a comunicar e a influenciá-los.
  • Muitas vezes uma alteração comportamental é fomentada ou intensificada por uma patologia física. Por exemplo, a dor só por si pode desencadear mudanças comportamentais acentuadas. Se começarem a notar diferenças importa descartar esta hipótese optando por consultar o médico veterinário e avançando para uma avaliação.
  • Os florais não contém qualquer propriedade química, a sua actuação deve-se ao efeito proporcionado pela energia específica de cada flor. Assim podem ser conjugados com qualquer terapia e medicação. Não existe risco de criar dependência ou promover toxicidade no organismo.
  • Através do conhecimento dos sintomas, mas também pelo trabalho com a radiestesia posso identificar qual ou quais os florais que irão actuar na causa do comportamento.
    Por exemplo, é muito frequente observar animais que precisam de tomar o floral dedicado à cura de um trauma ou choque de forma a atenuar o medo que expressam. Ao actuarmos na causa, a raíz do problema, será possível tratar também de forma efectiva as suas ramificações.
  • Cumprir a frequência da administração é muito importante, até mais do que o número de gotas.
  • Várias situações podem ocorrer, pois cada caso é único: a toma pode ser pontual, em alguns dias ou semanas alterações são visíveis e definitivas; toma prolongada em patologias crónicas ou outras em que os animais irão beneficiar de receber este apoio ao longo do tempo; necessidade de fazer ajustes, etc. O olhar atento e o feedback de quem acompanha o animal é sempre muito importante para perceber como evolui a resposta ao floral.
  • Os animais têm o seu próprio temperamento e personalidade, importa saber distinguir os comportamentos que são naturais daqueles que revelam desequilíbrio.
  • Uma mesma situação, como por exemplo um pós-operatório, pode ser vivido de diferentes formas consoante o animal. A generalização deve ser evitada, pois cada animal irá experienciar à sua maneira.

Estas são algumas considerações importantes sobre a aplicação desta terapia nos nossos animais. Se tiveres alguma dúvida entra em contacto através do e-mail rosalisterapias@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *