Como sentir mais leveza?

comos sentir mais leveza

Photo by Jakob Owens on Unsplash

Acredito que de uma forma global tomos necessitemos de mais leveza. Apesar da complexidade ser muitas vezes sobrevalorizada e aplaudida é na simplicidade que frequentemente encontramos um estado de maior leveza, que nos permite fluir de outra forma no inesperado e impermanente.
Temos que nos permitir pousar um pouco a mochila das preocupações, ruminações sobre o passado e expectativas sobre o futuro. Claro que nem sempre é simples, mas algumas opções e atitudes podem ajudar a sentirmo-nos mais leves.

Descomplicar tarefas e escolhas. Por vezes no quotidiano fazemos escolhas e optamos por desenvolver determinadas tarefas de forma mais complexa o que naturalmente implica maior desgaste e cansaço. Como podes simplificar e e escolher vias que não requerem uma logística tão complicada?

Estabelecer prioridades permite identificar o que é essencial e que justifica o nosso investimento de energia, o que nos leva ao próximo ponto.

– Ter menos, evitar acumular objectos e afazeres que nos deixem assoberbados e que na verdade não têm um impacto significativo no nosso bem-estar e realização. Já aqui abordei o tema do Minimalismo e na verdade cada vez faz-me sentido criar espaço e tempo para estarmos realmente disponíveis para o que mais importa.

Aceitar que a impermanência e a mudança fazem parte e que por muito que tentemos controlar, apenas podemos desenvolver o nosso autocontrolo e resiliência.

– Cultivar o sentido de humor e desdramatizar, é importante nos levar colocar as situações em perpectiva e rir das situções. Muitas vezes o que parece um problema complexo simplesmente o é porque o imaginamos e transformamos dessa forma. O medo pode levar à criação dos mais horroríficos cenários, mas no final as soluções aparecem e nem tudo é assim tão irremediável. Então podemos perguntar-nos: até que ponto é que dado acontecimento tem tanta importância e justifica lamentação e angústia?

– Atentar à tendência de ser perfeccionista. Tudo se encontra em contínua construção, sem conclusão definitiva. A perfeição não existe e a busca deste estado deixa-nos pesados, tensos e cansados.

Gratidão VS Lamentação, quando sentimos que a frustração se quer instalar e identificamos tantos aspectos que gostaríamos que fossem diferentes é na gratidão que podemos encontrar a oportunidade de modificar a perspectiva. Precisamos de nos agarrar ao que temos e construir algo melhor a partir daí.

Lê a publicação “A Importância da Gratidão

– Procurar e desenvolver actividades simples  que nos proporcionem bem estar como passar tempo na Natureza ao fim do dia, ver um filme, ouvir um disco preferido, saborear uma sobremesa, apreciar o silêncio, entre tantos outros momentos simples e belos.

– Para terminar e não menos importante: nutrir a esperança, sempre. É necessário acreditar que é sempre possível sentir e observar uma mudança para melhor.

Quais são as tuas estratégias para encontrar um estado de maior leveza?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *