Bob: da tristeza à alegria

O Bob iniciou acompanhamento com florais devido a comportamentos que tiveram origem num passado marcado por maus-tratos e trauma. A tristeza, medo, intolerância e falta de confiança nos humanos foram motivos que levaram à procura desta terapia, para além de ser já acompanhado por uma equipa de treinadores. Em alguns casos é essencial recorrer a uma intervenção multidisciplinar.

Muitas alterações de comportamento têm como base um ou mais eventos impactantes que por vezes até podem passar despercebidos à perceção do humano que cuida do animal. Neste caso a situação de trauma era reconhecida e sabíamos que era preciso ajudá-lo na mudança. A transformação do Bob foi imensamente gratificante, de uma expressão fechada de tristeza passou para a alegria, leveza e maior confiança nos cuidadores que agora o acompanham. Alguém resiste a este sorriso?!

Neste momento continua com floral de manutenção e a terapia vai evoluindo consoante o que ele mais necessita.

Bob antes da terapia floral

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *